vaga

Vagas na garagem em condomínio

No momento da compra de um apartamento em um condomínio predial, é comum se ater apenas aos atrativos que o imóvel em sí oferece, esquecemos de verificar a qualidade das demais áreas. Um grande fator que pode lhe prejudicar, quando não verificando antes da compra, são as vagas da garagem que o edifício oferece para cada apartamento. Tamanho, número de vagas, rotatividade e a localização são questões que devem ser sempre levadas em conta. Este tema é polêmico e pode gerar conflitos com vizinhos. Antes da compra saiba o que avaliar.

O prédio oferece vaga? Quantas?

Antes de mais nada, verifique se o prédio disponibiliza vagas na garagem correspondente ao apartamento e quantas para cada morador. Além da comodidade e economia de parar o seu carro no prédio, trata-se de uma questão de investimento. Apartamentos com vagas valorizam o imóvel e podem elevar o valor de venda em até 30%.

Os tipos de vagas

Conheça os tipos de vagas que existem e certifique qual delas o vendedor lhe oferece. Existem vagas autônomas, determinadas e indeterminadas.
As autônomas são vagas extras, uma unidade separada da escritura do apartamento que paga IPTU e condomínio. As determinadas são as de localização fixa, de acordo com o memorial descritivo do imóvel. Indeterminadas são as vagas que serão sorteadas aos moradores, que não está ainda fixada à que apartamento corresponde.

Tamanho da vaga

Se você possui carro de porte grande deve sempre verificar o tamanho das vagas oferecidas. Cada cidade possui seu Código de Obras e Edificações que determina o número mínimo de vagas grandes (2,5m X 5,5m), médias (2,10m X 4,7m) e pequenas (2m X 4,20m). Na maioria dos casos a lei prevê um pequeno número reservado para as vagas grandes, que variam de 3% a 5% do número total de vagas. Certifique-se de que o apartamento que irá comprar possui uma vaga que seja correspondente ao tamanho do seu carro.

Localização da vaga

Não é raro que a sua vaga esteja entre colunas ou paredes que tornam o ato de estacionar quase impossível. Certifique-se sempre onde está localizada a sua vaga. Além da verificação presencial, peça a planta da garagem e analise o tamanho e a localização da vaga. É comum que o condomínio adote o rodizio de vagas. Está é uma boa alternativa, pois nenhum condômino estará com a vaga de difícil acesso por tempo indeterminado.